Federal Enterprise Architecture Framework


O Governo dos Estados Unidos publicou em 16 de Julho de 1996 a Ordem Executiva numero 13011, Tecnologia da Informação Federal (FEDERAL INFORMATION TECHNOLOGY) que diz que “um Governo que trabalha melhor e custa menos requer um Sistema da Iinformação eficiente e efetivo” e estabeleceu o Conselho dos Oficiais Chefes da Informação “Chief Information Officers(CIO) Council” como o principal forum interagencias para melhorar as práticas em desenvolvimento, modernização, uso, compartilhamento e a performance dos recursos da Agencia de Informação .

O Plano Estratégico do (CIO) Council foi desenvolvido em janeiro de 1998 e comandou o desenvolvimento e manutenção da “Federal Enterprise Architeture (FEA)” para maximizar os benefícios da tecnologia da informação (TI) dentro do Governo dos Estados Unidos.

Em abril de 1998 desenvolveu o Federal Enterprise Architecture Framework para prover um mecanismo de sustentabilidade para indentificar, desenvolver e documentação da descrição das arquiteturas das áreas de alta prioridade construidas em comum com as áreas de negócios e projetos que cruzam todas as áreas da de uma organização.

O Federal Enterprise Architecture Framework prove uma estrutura organizada e uma coleção de termos comuns que os segmentos Federais podem integrar suas respectivas arquiteturas ao FEAF.

Visão e Princípios do FEAF:

A visão e princípios do FEAF são baseados em leis recentes que enfatizam a importância em obter resultados, obtendo o maximo retorno do investimento e eficiencia das operações, provendo informações e tecnologia de qualidade, protegendo a privacidade, mantendo a informação segura e prover serviços para o público.


Porque desenvolver a FEAF?

A necessidade de coletar informações comun de Arquitetura da Informação e construir um respositório para armazenar esta informação. O Framework permite o Governo Federal a alcançar o seguinte:

  • Organizar a informação Federal em uma escala Federal;
  • Promover o compartilhamento da informação com organizações Federais;
  • Ajudar organizações Federais a desenvolver suas arquiteturas;
  • Ajudar organizações Federais a rapidamente desenvolver seus processos de investimento em TI.
  • Servir as necessidades dos clientes de forma melhor, rápida e custo-efetivo.


O FEAF é recomendado em:

  • Esforços do Governo Federal;
  • Esforços de Agencias multi-federais;
  • Em todas as áreas de negócio e investimentos do Governo Federal que envolvem com governos internacionais, estaduais ou locais.


Qual o valor do FEAF?

  • Promover a interoperabilidade do Governo Federal;
  • Promover o compartilhamento dos recursos das Agencias;
  • Prover potencial redução de custos do Governo Federal e Agencias;
  • Melhorar a abilidade de compartilhar Informação;
  • Apoiar o Planejamento do investimento em TI para o Governo Federal e Agencias.

Componentes do FEAF:

O FEAF descreve 8 componentes de um Enterprise Architecture (EA):

  • Architecture Drivers
  • Strategic Direction
  • Baseline Architecture
  • Target Architecture
  • Transitional Processes
  • Architectural Segments
  • Architectural Models
  • Standards

feaf.gif